quarta-feira, 11 de agosto de 2010






































































Ferreira On 8/11/2010 01:02:00 AM Comentarios LEIA MAIS

terça-feira, 10 de agosto de 2010

    Com apenas 26 dias após a implantação (13/10/2010), a horta orgânica do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial da Secretaria de Saúde/Prefeitura Municipal de Urussanga,  já tem hortaliças para colheita. A alface, rúcula e os temperos verdes estão sendo colhidos há duas semanas. Com apenas 40 dias após o plantio das mudas, já estamos colhendo raízes de beterraba com tamanho adequado para o comércio. A radiche também já está sendo colhida. Até o momento não tivemos nenhum problema com doenças e insetos-pragas.
    A precocidade das hortaliças e o não aparecimento de doenças e pragas é explicada pelo sistema de produção orgânico que promove o equilíbrio nutricional do solo e das plantas. São 24 espécies plantadas, sendo 18 hortaliças (tomate cereja, feijão-vagem, milho-verde, pimentão, pimenta, rabanete, repolho, couve-flor, couve manteiga, brócolis, alface, beterraba, rúcula, radiche, cebolinha verde, salsa, pepino e abobrinha) e 6 plantas medicinais, aromáticas e condimentares (sálvia, coentro, alecrim, hortelã, manjericão e arruda), conduzidas de forma consorciadas,  numa área  de 200 m2,  por voluntários (pacientes e colaboradores). O plantio de plantas medicinais tem por objetivo, além do preparo de chás, auxiliar no manejo de insetos-pragas e doenças das hortaliças.
  O cultivo de uma horta orgânica melhora a qualidade de vida das pessoas. Além de garantir alimentos saudáveis e nutritivos mais baratos, o cultivo de hortaliças e plantas medicinais previne e até cura doenças, educa, ocupa e, quando feito com prazer, proporciona lazer e exercícios ao ar livre. Produzir hortaliças orgânicas e plantas medicinais de boa qualidade o ano todo, em quantidade suficiente para abastecimento de uma família, grupos de pessoas, escolas, hospitais e outras instituições, é muito fácil. Basta ter uma pequena área de terra, algumas ferramentas, seguir algumas orientações e disposição para trabalhar. Segundo especialistas, o contato com plantas funciona muito bem como terapia ocupacional. Quando se assume a responsabilidade de cuidar de uma planta, a pessoa se sente muito bem porque vê os resultados. O fato de preparar o solo, semear, observar o crescimento, colher e consumir hortaliças frescas, saudáveis, sem adubos químicos e agrotóxicos, é uma experiência fantástica. Além isso, proporciona salutar exercício ao ar livre, atividade importante para prevenção de doenças.
   Pesquisas no mundo inteiro e na Estação Experimental de Urussanga (EPAGRI), comprovam que o cultivo orgânico de hortaliças, além de proteger o meio ambiente, as futuras gerações e a saúde do produtor e consumidor, melhora a qualidade dos alimentos (mais vitaminas e sais minerais, melhor conservação, mais saborosos e aromáticos), reduz o custo de produção (os insumos são produzidos na propriedade), não necessita de calcário, a fertilidade do solo é duradoura e, ainda produz tanto quanto no sistema convencional e com melhor aparência. O cultivo orgânico só tem vantagens!  é um sistema sustentável (duradouro), baseado na preservação e no respeito à terra, ao meio ambiente e ao homem. Adotar o sistema orgânico, significa fazer as pazes com a natureza, protegendo os recursos naturais (solo, água, plantas e animais) e as futuras gerações.
Convite
     As pessoas interessadas em conhecer a horta orgânica do CAPS- I estão convidadas  a  comparecer na Av. Presidente Vargas, nº 362 - Centro, ao lado da loja Novo Lar, em Urussanga, todas as segundas-feiras, no horário das 8:30 horas às 9:30 horas.  Compareça e veja como é fácil obter-se hortaliças frescas,  mais saborosas e nutritivas e, o melhor, sem agredir meio ambiente!
http://cultivehortaorganica.blogspot.com/2010/11/fotos-da-horta-do-caps.html
Clique acima para ver as fotos da Horta do CAPS
Ferreira On 8/10/2010 03:32:00 AM Comentarios LEIA MAIS

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Fotos da Horta do CAPS






































































terça-feira, 10 de agosto de 2010

Horta orgânica do CAPS já é um sucesso!

    Com apenas 26 dias após a implantação (13/10/2010), a horta orgânica do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial da Secretaria de Saúde/Prefeitura Municipal de Urussanga,  já tem hortaliças para colheita. A alface, rúcula e os temperos verdes estão sendo colhidos há duas semanas. Com apenas 40 dias após o plantio das mudas, já estamos colhendo raízes de beterraba com tamanho adequado para o comércio. A radiche também já está sendo colhida. Até o momento não tivemos nenhum problema com doenças e insetos-pragas.
    A precocidade das hortaliças e o não aparecimento de doenças e pragas é explicada pelo sistema de produção orgânico que promove o equilíbrio nutricional do solo e das plantas. São 24 espécies plantadas, sendo 18 hortaliças (tomate cereja, feijão-vagem, milho-verde, pimentão, pimenta, rabanete, repolho, couve-flor, couve manteiga, brócolis, alface, beterraba, rúcula, radiche, cebolinha verde, salsa, pepino e abobrinha) e 6 plantas medicinais, aromáticas e condimentares (sálvia, coentro, alecrim, hortelã, manjericão e arruda), conduzidas de forma consorciadas,  numa área  de 200 m2,  por voluntários (pacientes e colaboradores). O plantio de plantas medicinais tem por objetivo, além do preparo de chás, auxiliar no manejo de insetos-pragas e doenças das hortaliças.
  O cultivo de uma horta orgânica melhora a qualidade de vida das pessoas. Além de garantir alimentos saudáveis e nutritivos mais baratos, o cultivo de hortaliças e plantas medicinais previne e até cura doenças, educa, ocupa e, quando feito com prazer, proporciona lazer e exercícios ao ar livre. Produzir hortaliças orgânicas e plantas medicinais de boa qualidade o ano todo, em quantidade suficiente para abastecimento de uma família, grupos de pessoas, escolas, hospitais e outras instituições, é muito fácil. Basta ter uma pequena área de terra, algumas ferramentas, seguir algumas orientações e disposição para trabalhar. Segundo especialistas, o contato com plantas funciona muito bem como terapia ocupacional. Quando se assume a responsabilidade de cuidar de uma planta, a pessoa se sente muito bem porque vê os resultados. O fato de preparar o solo, semear, observar o crescimento, colher e consumir hortaliças frescas, saudáveis, sem adubos químicos e agrotóxicos, é uma experiência fantástica. Além isso, proporciona salutar exercício ao ar livre, atividade importante para prevenção de doenças.
   Pesquisas no mundo inteiro e na Estação Experimental de Urussanga (EPAGRI), comprovam que o cultivo orgânico de hortaliças, além de proteger o meio ambiente, as futuras gerações e a saúde do produtor e consumidor, melhora a qualidade dos alimentos (mais vitaminas e sais minerais, melhor conservação, mais saborosos e aromáticos), reduz o custo de produção (os insumos são produzidos na propriedade), não necessita de calcário, a fertilidade do solo é duradoura e, ainda produz tanto quanto no sistema convencional e com melhor aparência. O cultivo orgânico só tem vantagens!  é um sistema sustentável (duradouro), baseado na preservação e no respeito à terra, ao meio ambiente e ao homem. Adotar o sistema orgânico, significa fazer as pazes com a natureza, protegendo os recursos naturais (solo, água, plantas e animais) e as futuras gerações.
Convite
     As pessoas interessadas em conhecer a horta orgânica do CAPS- I estão convidadas  a  comparecer na Av. Presidente Vargas, nº 362 - Centro, ao lado da loja Novo Lar, em Urussanga, todas as segundas-feiras, no horário das 8:30 horas às 9:30 horas.  Compareça e veja como é fácil obter-se hortaliças frescas,  mais saborosas e nutritivas e, o melhor, sem agredir meio ambiente!
http://cultivehortaorganica.blogspot.com/2010/11/fotos-da-horta-do-caps.html
Clique acima para ver as fotos da Horta do CAPS
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Blog Archive

Blogger templates